Visite nosso site, teremos sempre a grata satisfação de recebe-lo


                                    MARIA NILCE LENCIONI SENNE

                     FUNDADORA DA ACADEMIA JACAREHYENSE DE LETRAS

    MariaNillce Lencioni Senne, filha de Guido Lencioni e Maria da Glória Câmara Lencioni,
      nasceu em Jacareí, em  1927.

 

     Aos dois anos de idade, seus pais passaram a residir em Caçapava. Cresceu brincando na Praça da Bandeira, pois iniciou a escolaridade no Jardim da Infância ¡°Dona Marocas¡±. Até hoje admira a praça de Caçapava, aliás, tem uma relação de amor à cidade, onde passou os melhores anos de sua infância e juventude.Estudou no Grupo Escolar ¡°Rui Barbosa¡±, no Largo da Matriz. Essa Matriz, das alegres festas de São João, no mês de junho.

 

Maria Nilce cresceu mais um pouco e entrou para o Ginásio Estadual ¡°Moura Rezende¡±, onde se formou em 1944.

 

O objetivo de Maria Nilce era ser professora e, para tanto, foi para a Capital paulista onde prestou vestibular na Escola Normal e Ginásio Estadual Feminino ¡°Padre Anchieta¡±, no Brás, uma das mais conceituadas do Estado. Fez o vestibular de manhã e à tarde achava que não havia entrado até que um dia recebeu uma carta chamando-a para efetivar a matrícula.

 

Começou assim sua vida profissional; seu sonho se realizava e ela ficou muito feliz. Enquanto estudou em São Paulo deveria morar num Colégio Salesiano, onde a prima de sua mãe era freira. Esta tinha sido a imposição de seu pai que ela aceitou. Formou-se em 1947. A festa realizou-se no Teatro Municipal de São Paulo. Professora naquela época vivia o apogeu da carreira, que era muito prestigiada.

 

Realizou, porém, muitos cursos de longa e curta duração que completaram a sua formação profissional: Pedagogia na FEC São Caetano do Sul; Psicologia Aplicada à Educação, Professora Dra. Noemi Silveira, na USP ; Direito na Brás Cubas, em Mogi das Cruzes. Fez ainda Cursos complementares: Aperfeiçoamento de Professor para o Curso Rural, na Escola Agrícola de Jacareí; Orientação Educacional, Administração escolar de 1º e 2º Graus; Supervisão Escolar; Inglês e Espanhol; Trabalhos Manuais e Economia Doméstica no Colégio Salesiano, onde morou três anos.

 

Foram muitos os cursos feitos por Maria Nilce, além da participação em congressos, e simpósios, recebendo certificados do SENAC ¨C Psicologia Aplicada ao Trabalho; Curso de Especialização de Educação Moral e Cívica, FEC São Caetano; Curso de Expansão Cultural ¡°Semana Estadual de Formação Profissional em Santo André; Congresso de Educação Pré-Escolar na Liga do Professorado Católico.

 

Sua vida profissional começou aqui em Caçapava no Grupo Escolar ¡°Rui Barbosa¡±, como substituta efetiva; no Ginásio do Estado Moura Rezende, substituta da professora de Trabalhos Manuais e Economia Doméstica; no Ginásio e Curso Normal.

Ingressou no magistério estadual em Martinópolis, Alta Sorocabana, como professora Rural da Primeira Escola Mista da Fazenda Água da Fortuna. Após dois anos removeu-se para São Caetano do Sul. Para o Grupo Escolar da ¡°Vila Gisela¡±, depois, na mesma cidade no Instituto de Ensino estadual ¡°Coronel Bonifácio de Carvalho, onde trabalhou durante 38 anos, como Diretora do Curso Primário, professora do Curso de Magistério, Didática e Metodologia da Língua Portuguesa.

 

Como advogada prestou serviço na Justiça Gratuita na Vara da Família e Infância em São Bernardo .

 

Lecionou também em escolas particulares totalizando quarenta e três anos de vida dedicada à Educação. Seu dia de trabalho começava às 7 horas da manhã e ia até as vinte e três horas.

 

Sua vida profissional era compartilhada pelo seu dedicado esposo, que a transportava para seus locais de trabalho, pois Maria Nilce nunca conseguiu aprender a dirigir.

 

Aposentou-se em 1980 como Diretora e no Magistério em 1990. Nessa época seu esposo já estava aposentado e planejaram então viajar. Infelizmente em 1991, só ele foi para sempre e Maria Nilce ficou, nessas surpresas reservadas pela vida.

 

Maria Nilce continua em atividade, enquanto agüentarem suas forças. Foi a primeira Presidente da Academia Jacarehyense de Letras, como sua fundadora.

 

No dia 25 de março recebeu o Diploma da Cátedra 20 da Academia Valeparaibana de Letras e Artes, de Taubaté.

 

Maria Nilce teve três filhos: uma professora psicóloga, pedagoga e diretora de uma grande escola em São Barnardo ; um advogado, escritor e poeta com quatro livros publicados e profissional de sucesso; e um químico e atualmente engenheiro civil, já estagiando.

 

Maria Nilce conta parte de sua vida em seu livro ¡°Sonho Vivido¡±, tendo participado juntamente com outros escritores e poetas de mais quatro outros livros.

 

Recebeu também o Troféu ¡°Olívia Alegre¡± que ela considerou o ponto máximo de sua jornada na Terra.

 



 

 

   
   
 
  Site Map